terça-feira, 31 de maio de 2011

Ipês



Os ipês começaram a florescer!!!
Vi os primeiros do ano neste fim de semana, no Eixão Sul.
E me lembrei da minha velha dúvida não resolvida: Ipê rosa existe?
Ou este de flores cor-de-rosa é o famoso ipê roxo?

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Maio

Que mês gostoso é maio!
Será incluído como um dos encantos de Brasília. O clima de maio é formidável. Faz um friozinho gostoso e ainda não há nada de seca. As caminhadas das 7 h são frescas e úmidas.
Também é uma ótima época para ficar ao sol, esquentando.
E a luz? Linda! Gosto especialmente por volta de 4 da tarde.

No fim de semana, assistimos uma filme há muito recomendado, por mais de uma pessoa: O primeiro que disse.
Gostei!

Tommaso, aspirante a escritor, leva uma vida confortável em Roma ao lado do namorado Marco. Filho mais novo dos Cantone, família tradicional do sul da Itália que mantém há décadas uma pequena manufatura de massas, ele é acionado para voltar à sua cidade natal e ajudar nos negócios. Esperando escapar da ingrata responsabilidade, decide finalmente revelar sua homossexualidade aos conservadores, porém excêntricos parentes. Mas seu irmão mais velho, Antonio, atrapalha seus planos, deixando-o subitamente diante de um caminho que não desejava trilhar.
Comentários de Rubens Ewald Filho

Também foi bem gostoso o almoço de domingo no Villa Tevere. Risoto de bacalhau, risoto "boscaiola" e Filé Jazz. Todos ótimos...

terça-feira, 17 de maio de 2011

Bons filmes no fim de semana

Assisti "Sombras de Goya". Gostei muito, o melhor filme que assisti nos útlimos tempos.
Foi um final de semana de sorte. "Albergue Espanhol" também me agradou bastante.


Na Espanha do século XVIII, em meio ao radicalismo religioso e à iminente invasão das tropas napoleônicas, o talento do artista espanhol Francisco Goya é abertamente celebrado na corte do Rei Carlos IV. A adolescente Inês Bilbatua, musa do pintor, é presa sob falsa acusação de heresia. Goya recorre ao influente Frei Lorenzo, pretensamente seu amigo, sem saber que está lidando com um dos próprios líderes da Inquisição. Baseada em fatos reais, esta superprodução apresenta personagens intensos e os horrores de uma guerra que se refletiram vivamente na pintura de Goya, como testemunhas de uma época muito turbulenta na história.
L'Auberge Espagnole

Tendo como cenário Barcelona, Albergue Espanhol acompanha o destino do estudante de economia Xavier, que viaja através de um programa de intercâmbio popular na Europa, o "Erasmus", que recebeu este nome em homenagem ao pensador holandês da Renascença Erasmo de Roterdã. Xavier chega à Espanha totalmente despreparado - sem saber falar espanhol e catalão, triste em deixar sua namorada para trás, confuso sobre quem é ou que laços pode criar nessa cidade estrangeira. Procurando um lugar para ficar, ele encontra um apartamento com sete estudantes de nacionalidades tão variadas quanto suas personalidades e sexualidade. Segundo Xavier, a multiplicidade de línguas faz lembrar o caos que existe em sua cabeça. O apartamento lotado logo se torna cenário de confusões cômicas à medida que os estudantes de diferentes culturas experimentam o amor e diferentes maneiras de ver a vida, tentando imaginar como será o futuro. Mesmo com corações partidos e olhos sendo abertos de formas inesperadas, com o tumulto e a confusão reinando no apartamento, surge uma espécie de unidade a partir dos sonhos que seus habitantes têm em comum. Surge também a certeza que nenhum deles será igual depois das experiências que viveram no Albergue Espanhol.