sábado, 26 de setembro de 2015

Escandinávia: Estocolmo

Das capitais da Escandinávia, Estocolmo é sem dúvida a mais bonita. Situada num arquipélago com 14 ilhas, os inevitáveis canais dão charme à cidade, especialmente se for um dia de sol.


A ilha de Gamla Stan (centro antigo) é a mais atrativa, com ruazinhas estreitas, arquitetura histórica e a charmosa praça Stortoget. Também ficam lá a catedral, com a famosa estátua de São Jorge e o dragão, e o palácio real. O parlamento fica numa pequena ilha vizinha.


Em outra ilha ficam os museus Nordiska, Skansen (um dos primeiros museus a céu aberto do mundo) e Vasa. O Vasa é um navio de guerra sueco de 1628 que afundou em sua viagem inaugural, a apenas 1500 metros do ponto de partida, na boca da baia de Estocolmo, e que foi resgatado depois de mais de 300 anos no mar. É uma atração imperdível! A estrutura de madeira é belíssima, toda trabalhada, e pode ser vista detalhadamente, de vários ângulos.


Outro ponto alto de Estocolmo é a visita guiada à prefeitura, onde acontece, todos os anos, a festa da entrega dos prêmios Nobel. Em Estocolmo são entregues todas as categorias, exceto o Prêmio Nobel da Paz, cuja premiação ocorre em Oslo, na mesma data.


Na sala do conselho, uma abertura simbólica no teto simula uma cabana dos vikings, e o salão dourado está coberto por um mosaico em vidro e ouro que representa Estocolmo, a rainha do Malaren, que é o lago da cidade.


Há, ainda, o Museu de Arte Moderna e o anexo Museu de Arquitetura, o Museu Nacional de Belas Artes e o Museu Histórico. Quem curte o grupo ABBA, pode visitar um museu em sua homenagem.
Entre os programas favoritos dos brasileiros estão o Bar de Gelo, que fica próximo à estação central, e o Skyview, uma espécie de elevador com vista panorâmica.


A rua da rainha (Drottninggatan) é um calçadão de compras dos mais concorridos. Vive lotado, de turistas e de nativos...


Como grande fã de mercados e feiras, não poderia deixar de ir ao Östermalms Saluhall - o mercado de comida. Fica num prédio belíssimo e, além de alguns restaurantes, tem vários stands com peixes, carnes e frios, legumes e frutas, comida pronta para levar, doces... Uma perdição!


Em Estocolmo, o restaurante que mais gostei foi o Kaffegillet Restaurarant. O cardápio é bem variado, mas vale experimentar as delícias da culinária local, como a rena assada como molho de lingonberry ou o salmão.


Na cidade de Karlstad, caminho para quem vem da Noruega por via terrestre, recomendo o restaurante Frost, que tem um buffet de saladas de excelente qualidade para acompanhar o prato quente.

Veja aqui mais fotos da Suécia.

Leia mais sobre a Escandinávia:

sábado, 19 de setembro de 2015

Sanduíche de Peito de Peru com Rabanete e Cottage

Mais um lanche refrescante para estes dias de calor intenso...


1 pão sírio
2 folhas de alface
2 colheres de cenoura ralada
1 colher de rabanete em rodelas finas
100g de peito de peru defumado fatiado
2 colheres de queijo cottage

Corte o pão sírio ao meio e leve ao forno já aquecido. Cuidado para não torrar demais, deve ficar só crocante. Em uma das metades do pão, coloqeu uma colher de queijo cottage e distribua em camadas o peru, a cenoura, o rabanete, outra colher de queijo cottage e cubra com a outra metade do pão.

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Sobremesa deliciosa de morangos


Adoro a safra de morangos. Sempre dá para fazer mil coisas gostosas, das mais simples às mais sofisticadas. Esta receita é moleza de preparar e fica uma delícia!


Lave 3 caixas de morangos e deixe escorrer bem.
Numa panela,  misture bem 2 latas de leite condensado, 1 colher bem cheia de margarina e 4 colheres de chocolate em pó e leve ao fogo, mexendo sempre, até engrossar. Desligue o fogo e misture 1 lata de creme de leite.
Num pirex, disponha os morangos e coloque o brigadeiro por cima. Cubra com chantilly e leve à geladeira.
Você pode fazer o chantilly em casa com creme de leite fresco, usar um chantilly pronto em spray,  ou comprar uma mistura para chantilly (há o liquido já pronto para bater e há em pó, que você mistura com leite gelado e bate.

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Filés de Linguado ao Forno

Receitinha deliciosa e super prática, que serve bem cinco pessoas. Leva bastante coentro, que sei que tem muita gente que não gosta. Na minha opinião, porém, é uma combinação perfeita.


1 quilo e meio de filés de linguado
suco de 1 limão
2 dentes de alho amassados
sal e pimenta-do-reino a gosto
1 pedacinho de gengibre amassado
1 colher de coentro picado

Deixe os filés marinando nesse tempero, em vasilha coberta, na geladeira. Quanto mais tempo fica, mais pega o gosto do tempero.

Para o molho:

1 colher de azeite
1 cebola grande
3 dentes de alho
2 tomates maduros sem sementes
meio pimentão
1 vidro de leite de coco
1 colher (chá) de sal
meia xícara de cebolinha
meia xícara de coentro

Corte miudinho as verduras e temperos. Doure a cebola no azeite, junte o alho e deixe fritar um pouco. Coloque os tomates e o pimentão. Quando murcharem um pouco, junte o leite de coco, o sal, a cebolinha e o coentro. Tampe a panela e deixe ferver por 5 minutos.
Disponha os filés num refratário untado com azeite e cubra com o molho. Salpique coentro picado e leve ao forno quente (200°) por uns 20 minutos.
Leve direto à mesa e acompanhe com arroz ou purê de batatas.

Mais opções de pratos com peixe:

Peixe assado com creme de espinafre