sábado, 17 de dezembro de 2016

Salada de quinoa

Conheci a quinoa em viagem ao Peru, em 1989. Ninguém aqui no Brasil sonhava com ela. Com o tempo, foi ficando conhecida e tornou-se queridinha dos que buscam uma alimentação mais saudável. Com a moda do glúten free, sua popularidade aumentou ainda mais. 
Nessa salada, ela substitui o triguilho com perfeição e faz um quase-tabule muito refrescante.


2 xícaras de quinoa 
4 tomates picados
2 cenouras pequenas cozidas e picadas
1 pepino picado
1 cebola ralada
salsa e cebolinha picada a gosto
1/4 de xícara de hortelã picada
4 colheres de azeite de oliva
2 colheres de suco de limão
Sal a gosto

Lave, escorra e coloque para cozinhar a quinoa com sal, em duas medidas de água fria. Use fogo baixo e panela tampada por 10 a 15 minutos. Deixe esfriar. Misture a cebola com o azeite, junte a quinoa e misture bem. Acrescente as verduras e temperos e deixe na geladeira por duas horas. Também é possível acrescentar azeitonas, milho verde, cogumelos e outras verduras. No dia da foto, substituí o pepino por couve-flor.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Bolo delicia de coco

Como boa maníaca por bolo, não posso ter uma tarde livre em casa que já fico pensando qual vai ser o do dia... A nova tentativa foi esse bolo de coco, que ficou maravilhoso para comer morninho, com café...

3 ovos
meia xícara de óleo
1 vidro (200ml) de leite de coco
1 embalagem (100g) de coco ralado
2 xícaras de açúcar
1 x´ciara de queijo meia cura ralado
1 xícara de farinha de trigo
meia colher de sopa de fermento em pó

Bato no liquidificador os ovos, o óleo e o leite de coco por dois minutos. Acrescente o coco ralado e o restante dos ingredientes e bata por mais cinco minutos. Despeje essa massa em uma forma com furo central (22cm) bem untada. Asse em forno médio (180º), pré-aquecido, por cerca de 50 minutos ou até que, ao espetar um palito no bolo, ele saia limpo. Deixe amornar para desenformar.

Veja mais receitas de bolo:

domingo, 4 de dezembro de 2016

Polenta com funghi

Esta é uma boa ideia para variar a polenta, comumente servida com carne ao molho ou frita, acompanhando galeto. Prepare a polenta (veja com fazer aqui) um pouco mais firme (usei 3 xícaras de caldo para 1 de flocos de milho), coloque em uma travessa funda e cubra com o molho de funghi.


Para o funghi:

2 dentes de alho amassados
1 colher de azeite
1 xícara e meia de funghi secchi
Meia xícara de vinho 
1 tomate em cubinhos
1 colher de salsa picada
Sal a gosto

Coloque o funghi de molho em água morna até hidratar. Escorra e fatie. Em uma panela, refogue o alho no azeite. Acrescente os cogumelos e despeje o vinho mexendo sempre. Cozinhe até a bebida evaporar. Junte o tomate e a salsa e misture. Tempere com sal se necessário. 

domingo, 13 de novembro de 2016

Frango ao curry e arroz de coco

Apaixonados por comida indiana, ficamos um pouco na mão aqui em Brasília e acabamos só aproveitando esses sabores em viagens. Daí que me deparei com essa receita no já famoso livro que o Gabriel me emprestou e corri para testar. Ficou ótima!


1 colher de manteiga
1 colher de azeite
1 cebola picada
4 dentes de alho picados
1,2 kg de peito de frango em cubos
3 colheres de sopa de curry
3 xícaras de creme de leite fresco
Sal e pimenta-do-reino a gosto

Para o arroz:

2 xícaras de arroz ( para ficar mais indiano, use o arroz jasmim)
3 xícaras de leite de coco
1 xícara de água
2 folhas de louro
Sal a gosto

Em uma panela, coloque todos os ingredientes e mantenha em fogo alto até levantar fervura. Reduza o fogo para médio e tampe a panela. Cozinhe até todo o líquido ser absorvido, mexendo de vez em quando para o arroz não grudar. retire do fogo e deixe descansar por dez minutos.

Prepare o frango:

Em uma panela, em fogo médio, aqueça a manteiga com o azeite. Refogue a cebola e o alho, mexendo até a cebola ficar transparente. Aumente o fogo, junte o frango e misture. Cozinhe por cinco minutos ou até dourar. Adicione o curry e misture bem, Junte os demais ingredientes e cozinhe em fogo baixo por mais cinco minutos ou até o molho ficar cremoso e  frango cozido.

sábado, 5 de novembro de 2016

Ravioli ao pesto com tomate marinado

Mais uma receita adaptada do livro "Delícias de Cláudia".  A original era feita com ravióli de queijo, mas usei um fagottini de 4 queijos e funcionou muito bem.


1 xícara de tomates cereja cortados ao meio
4 colheres de azeite
1 colher de folhas de manjericão
500g de ravióli (ou outra massa recheada de sua preferência) de queijo
3 a 4 colheres de pesto de manjericão (compre pronto ou veja a receita aqui)
Sal e pimenta-do-reino moída a gosto

Misture o tomate, o azeite e o manjericão e reserve na geladeira. Em uma panela funda, com a água fervente temperada com sal, cozinhe a massa até que fique al dente. Escorra e transfira para uma travessa. Junte o pesto de manjericão e os tomates cereja marinados e temperados com sal e pimenta. Finalize com pimenta-do-reino e sirva.

Mais sobre massas?

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Queijadinhas

Essa receita é muito antiga, fazia sempre quando os meninos eram pequenos. Dia desses, conversando com o Gabriel, resolvi ressuscitá-la. E tá aí: uma delícia!


1 lata de leite condensado
2 colheres de queijo ralado
100 g de coco ralado
2 ovos

Misture tudo e ponha em forminhas de empada, forradas com forminhas de papel. Leve ao forno pré-aquecido a 180º e deixe dourar.

Alguns dias depois, testei assá-las em formas de cupcake e também ficaram boas, só que não molinhas por dentro...  Ficaram mais parecidas com bolinhos. Então, minha indicação é assar em formas de empadinha mesmo.

Veja outras sobremesas:


sábado, 22 de outubro de 2016

Picadinho carioca

Prato tradicional da boemia carioca, o picadinho pode ser encontrado tanto nos botecos como em restaurantes mais sofisticados. Não podia faltar na minha casa, não é mesmo?


1kg de alcatra picada
1 cebola picada
5 alhos
1 folha de louro
3 tomates  sem pele picados
Cerveja
Molho inglês
Azeite
Sal e pimenta do reino

Limpe a peça de carne, tirando toda fibra e gordura, depois com a faca bem amolada, vá picando a carne em pedaços pequenininhos. Tempere com sal e pimenta-do-reino a gosto.  Em uma frigideira leve a manteiga ao fogo, quando esquentar junte a carne, o louro e frite um pouco de cada vez até dourar. Adicione a cebola e o alho picado e refogue por 2 minutos. Adicione o molho inglês. Prove e ajuste o sal e a pimenta do reino. Junte o tomate e mexa bem para retirar o suco da carne. Coloque a cerveja e mantenha tampado em fogo baixo por 30 minutos; o molho deve ficar consistente, mas sem deixar que o picadinho fique seco demais.

Retire do fogo e sirva em seguida. Acompanha arroz branco, farofa, ovo e banana frita. Aqui em casa a banana foi assada e tasquei o ovo direto na farofa .


Mais receitas com carne bovina:

Filé com crosta de pimentas

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Salada Coleslaw

Receita típica americana, bem comum nos restaurantes de frango frito. Refrescante e deliciosa, perfeita para esses dias de calor insuportável...


3 xícaras de repolho (branco ou roxo ou uma mistura dos dois) cortado bem fininho
2 colheres de creme de leite
2 colheres de maionese
2 colheres de uva passa
1 cebola bem picadinha
suco de meio limão
1 maçã verde ou vermelha, com casca, ralada no ralo grosso
meia cenoura ralada no ralo grosso
sal e pimenta-do-reino a gosto

Para a salada ficar mais crocante, deixe as tirinhas de repolho d emolho em uma tigela com água e gelo por 15 minutos. Escorra e seque com papel absorvente.
Enquanto isso, misture o creme de leite, a maionese, as uvas, a cebola, o suco de limão, o sal e a pimenta. Junte o repolho, a maçã e a cenoura, ajuste o sal e a pimenta e deixe na geladeira por, pelo menos, uma hora antes de servir.

sábado, 8 de outubro de 2016

Taça de creme de iogurte com frutas

Com essa receita inaugurei a série das sobremesas do livro do Gabriel. Muito leve, refrescante e pouco doce... Experimente!


400 g de frutas vermelhas congeladas
1 xícara de açúcar mascavo
1/4 de xícara de aceto balsâmico
2/3 de xícara de conhaque
200 ml de creme de leite fresco, com o soro escorrido com 30 minutos de antecedência
400 g de iogurte natural, de consistência firme, com o soro escorrido com 30 minutos de antecedência
200 g de suspiro

Em uma tigela, junte as frutas com o açúcar mascavo, o aceto e o conhaque. Leve à geladeira por duas horas. Na batedeira, bata o creme de leite até obter picos firmes. Acrescente o iogurte e, com uma espátula, misture cuidadosamente. Leve para gelar, coberto com filme plástico, por uma hora. Quebre grosseiramente os suspiros. Em uma taça grande, alterne camadas de iogurte, de frutas marinadas e de suspiro, finalizando com as frutas marinadas. Sirva imediatamente.

domingo, 2 de outubro de 2016

Filé de frango com molho cremoso

Essa receita dá uma carinha nova e muito sabor ao filé de frango que, cá entre nós, é a personificação da dieta... É bem caprichado e tão gostoso que não faz feio numa refeição de fim de semana.


700g de filé de frango cortado em bifes
sal e pimenta-do-reino a gosto
casca de 1 limão ralada
1 cebola média
um tiquinho de manteiga ou margarina
1 colher (sobremesa) de farinha de trigo
1 caixinha de creme de leite
meia xícara de leite de coco
meio copo de requeijão cremoso
meia xícara de nozes picadas e levemente tostadas

Tempere o frango com sal e pimenta-do-reino. Espalhe por cima as raspas de limão.
Refogue a cebola na manteiga até ficar transparente,
Misture o creme de leite, o leite de coco, o requeijão e a farinha de trigo. Coloque na panela com a cebola e deixe ferver, mexendo sempre. Tempere com sal e noz-moscada. Desligue o fogo e misture as nozes.
Em um refratário, faça uma camada com os bifes de frango. Por cima, espalhe o molho, distribuindo bem. Leve ao forno médio, pré-aquecido, pro aproximadamente 40 minutos ou até o frango estar cozido e macio e o creme dourado por cima.

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Suflê de chuchu em pedaços

Super simples de fazer, os suflés são pratos que dão charme a vários tipos de vegetais. Cenoura, couve-flor, milho e chuchu são os mais usados lá em casa, mas a variedade é grande e a base da receita, praticamente a mesma. No caso do chuchu, o suflé pode ser feito com os chuchus em pedaços ou com eles batidos com o leite, que prometo a receita em uma próxima oportunidade.


1 colher de margarina
1 dentes de alho amassados
1 cebola picadinha
3 copos de leite
6 colheres de farinha de trigo
Sal e pimenta-do-reino a gosto
1 tomate picado
1,200 kg de chuchu
4 ovos separados
Cheiro verde picado
Queijo ralado a gosto

Cozinhe o chuchu bem firme e corte em fatias. Refogue a cebola e o alho na margarina. Junte o leite e a farinha de trigo, tempere com sal e pimenta e deixe engrossar para fazer um creme. Acrescente as gemas, misture bem e cozinhe mais um pouco. Coloque o tomate e o chuchu. Junte o cheiro verde e o queijo ralado, misturando bem. Ponha 4 claras batidas em neve e asse em forma untada.

Mais receitas com legumes e verduras para variar um pouco das saladas?

Suflê de cenoura

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

EUA - Grandes Planícies

Essa região basicamente rural e de caráter conservador era habitada por povos indígenas e grandes manadas de bisões e foi palco dos conflitos entre nativos e colonizadores retratados nos filmes de Hollywood.


Dakota do Norte

Bismark, localizada nas margens do rio Missouri, é a capital do estado. Apesar da ausência de atrativos, é um dos melhores pontos de apoio na região.


Na vizinha Mandam pode-se visitar o Fort Abraham Lincoln State Park, que foi a última base do general Custer e sua 7ª Cavalaria antes da célebre derrota na batalha de Little Big Horn. Além da casa onde viveu o general e das instalações da cavalaria e da infantaria, há o sítio de uma aldeia dos índios Mandam, com algumas construções restauradas.



Nos arredores de Washburn, a principal atração está relacionada com a expedição de Lewis e Clark, que foram enviados pelo presidente Thomas Jefferson para explorar os recém-adquiridos territórios a oeste. O Lewis e Clark Interpretive Center conta um pouco da história da viagem, mas o ponto alto é o Fort Mandam, local onde a expedição passou o inverno de 1804/1805.


A Knife River Indian Village National Historic Center marca o local da maior aldeia da nação Mandam.


Medora é a típica cidade dos filmes de faroeste e a porta de entrada do Theodore Roosevelt National Park. Começando pelo lindo Painted Canyon, um percurso circular conduz o visitante pelos caminhos áridos e rochosos, em meio a mirantes, trilhas e muita vida silvestre, especialmente bisões e prairie dogs.


Dakota do Sul

A principal atração da Dakota do Sul é a cadeia de montanhas Blacks Hills, que era o local para onde as tribos da região se retiravam em busca de orientação do Gande Espírito. Quando ouro foi encontrado nestas colinas sagradas, colonos e mineradores confinaram os índios em reservas para melhor explorarem as riquezas minerais. Hoje, a região abriga o memorial a Crazy Horse, grande guerreiro Sioux. A escultura mais famosa, porém, é a do Mount Rushmore, que tem os rostos dos presidentes George Washington, Thomas Jefferson, Abraham Lincoln e Theodore Roosevelt.


A estrada que cruza o Badlands National Park atravessa paisagens áridas de escarpas rochosas de beleza singular. Na região, fica Pine Ridge, a segunda maior reserva indígena do pais. A comunidade abriga os Sioux Lakota da tribo Oglala, confinados após uma série de conflitos com o exército americano no decorrer do século 19. No local onde foram enterradas as vítimas do famoso massacre de Wounded Knee foi construído um pequeno memorial.


A mais bela paisagem de Nebraska fica na área do Scottsbluff National Monument, com belos penhascos de arenito que testemunharam a migração de colonos e mineradores para o oeste.


A capital do Iowa, estado natal de John Wayne, é Des Moines. A cidade, que leva o nome dos viajantes franceses que exploraram a região, abriga uma boa coleção de pinturas no Des Moines Art Center.


Para comer:

Country Kitchen, em Dickinson - Dakota do Norte
Restaurante de rede, com comida caseira de boa qualidade: bolo de carne, frango, costelinha com molho barbecue...

Veja aqui mais fotos da Região das Grandes Planícies.

Outras regiões dos Estados Unidos?

sábado, 3 de setembro de 2016

Salpicão da Áurea

Esse salpicão já é tradicional no nosso churrasco do grupo de leitura. Tão gostoso!
Mas, infelizmente, não tem tanto churrasco como eu gostaria. Daí, morta de saudades, pedi a receita para a Áurea e preparei em casa mesmo, para levar a um evento. Parece que o pessoal gostou.


3 maçãs verdes
suco de 1 limão
1 lata de abacaxi em calda
400 g de peito de peru defumado
1 lata de milho verde
uva passa a gosto
1 lata de creme de leite light
1 pote (250 g) de maionese light
1 pacote de batata palha fina

Corte as maçãs em pequenos pedaços, com casa mesmo. Coloque de molho no suco de limão para não ficarem pretas. Corte também o abacaxi em calda e o peito de peru. Misture os três ingredientes e adicione as passas e o milho verde escorrido. Adicione o creme de leite e a maionese, misture bem e acrescente sal, se necessário. Como eu não gosto da salada muito "pregada", não coloquei toda a maionese. Faça do seu gosto. Tive a ideia de misturar também um pouco da calda do abacaxi e ficou uma delícia, mais docinha um pouco. Arrume na travessa e ornamente com a batata palha só na hora de servir, para não amolecer e perder a "crocância"...

sábado, 27 de agosto de 2016

Torta de cacau - sem glúten e sem lácteos

Até parece que é ruim, né? Sem glúten, sem lactose e sem açúcar? Grande engano!!!
Essa torta é absolutamente deliciosa e ninguém vai acreditar que é "de dieta"... O único problema é que não rende muito...


Para a base:

1 xícara de tâmaras desidratadas em caroço
Meia xícara de damascos desidratados
3/4 de xícara de castanha do Brasil
1 pitada de sal

Para o creme de cacau:

2 xícaras e meia de castanha de caju
4/5 de xícara de mel
Meia xícara de óleo de coco
3 colheres de cacau em pó
60 ml de água

Prepare a base:
Deixe as tâmaras de molho na água morna por 10 minutos. Escorra a água e coloque no processador junto com os damascos. Processe até formar uma pasta. Adicione as castanhas e o sal e processe. Forre a base de uma forma pequena de fundo removível e leve ao congelador até o creme ficar pronto.

Creme:
Deixe a castanha de caju de molho por, no mínimo, oito horas. Descarte a água. Bata todos os ingredientes no liquidificador por três minutos, até formar um creme. Despeje na forma com a base e leve para gelar por, pelo menos, quatro horas.

Para o acabamento:
Leve ao fogo 100 g de frutas vermelhas congeladas com um pouquinho de pectina BTM (um tiquinho mesmo porque a medida padrão para geleia é de meio grama para cada quilo de fruta) e deixe cozinhar em fogo brando até virar uma geleia. Espere esfriar e coloque por cima do creme de cacau. Se não tiver pectina, junte uma colherinha de geleia pronta. Se fizer a geleia com açúcar, adicione um pouquinho de suco de limão e aí não precisa usar a pectina.


Veja outras sobremesas:


sexta-feira, 19 de agosto de 2016

EUA - As Rochosas

Montana

Embora Montana não tenha nenhuma atração turística de destaque, o estado oferece belas paisagens aos viajantes que cruzam seu território. As grandes planícies do Leste vão dando lugar a terrenos cada vez mais escarpados, cortados por ferrovias e pelo rio Yellowstone. A oeste, as grandiosas Montanhas Rochosas com suas florestas de pinheiros.


Foi também por Montana que nós entramos no Yellowstone National Park, o mais famoso parque nacional do mundo. Sua área se estende por três estados: Wyoming, Idaho e Montana, naturalmente. As principais atrações do local são os inúmeros gêiseres e fontes termais. O Old Faithful é o maior gêiser e o ícone do parque. Suas erupções ocorrem a cada 90 minutos e em cada uma delas são expelidos mais de 30 mil litros de água. Mammmoth Hot Springs são fontes coloridas de água quente rica em minerais que formam delicadas cortinas de travertino sobre terraços de pedra. Além do espetáculo das atividades geotermais, o parque encanta por suas paisagens de canyons, rios, lagos, paredões de pedra e vales e pela grande quantidade de vida silvestre. Com enorme rebanho de bisões e a maior densidade populacional de ursos do pais, são comuns, também, alces, veados e lobos.


Wyoming

Cody, no portão leste do parque, foi fundada por Buffalo Bill e suas principais atrações estão ligadas ao legendário empresário. Como nem de Buffalo Bill eu gosto...
Ainda no Wyoming, no coração das desérticas montanhas Bighorn, fica Medicine Wheel - círculo de pedras de 24m de diâmetro considerado sagrado pelos nativos Sioux e Cheyenne.


O Fort Laramie National Historic Site, próximo à cidade de Guernsey, era um forte do exército e entreposto comercial. Hoje, com alguns prédios restaurados, figurantes encenam o cotidiano do lugar no século 19. Também pela região passavam a Oregon Trail e a Pony Express.


Idaho


Boise, a capital de Idaho, recebeu seu nome, que significa 'de madeira', dos comerciantes de pele franceses. É uma cidade tranquila, com um agradável centro histórico localizado a poucas quadras do Capitólio.


A principal atração de Twin Falls é o cânion do rio Snake. A trilha pavimentada oferece belas vistas e tem vários pontos de interesse, como a ponte Perrine, o lago Dierkes e as Shoshone Falls.


Veja aqui mais fotos da Região das Montanhas Rochosas.

Outras regiões dos Estados Unidos?