sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Costelinha com couscous e chutney

Antigamente não era muito fácil achar couscous aqui no Brasil e aí, como comíamos só de vez em quando, sempre fazia da forma mais tradicional, uma adaptação do delicioso Couscous Royal, que já virou quase um prato típico francês. Com a popularização do produto, tenho usado com bastante frequência como acompanhamento de pratos diversos, para substituir o arroz, macarrão ou purê. Nesta receita, mais uma do livro de receitas da revista Claudia (o famoso livro de receitas que o Gabriel me emprestou), vem acompanhando uma costelinha assada com chutney, que ficou uma perfeição.


A receita original era com chutney de manga e gengibre, mas você pode preparar com qualquer sabor de sua preferência. Eu usei um artesanal, de pera com tomatinhos verdes e um tipo de feijão verde (vagem), que trouxe da Inglaterra. 


1 kg de costelinha de porco
suco de 1 limão
sal e pimenta a gosto
1 ramo de alecrim
2 dentes de alho
2 xícaras de água
8 colheres de chutney no sabor de sua preferência

1 xícara de couscous marroquino
1 xícara de água fervente
1 fio de azeite
1 abobrinha em tiras finas e compridas
meia xícara de ervilha-torta cortada em pedaços
meia xícara de ervilha
sal a gosto
casca ralada de 1 limão

Na véspera, em uma tigela grande, tempere a carne com suco de limão, sal e pimenta e deixe marinar, coberta com filme plástico, na geladeira. Retire e mantenha em temperatura ambiente por 30 min. Em uma assadeira, arrume as costelas e sobre elas, o ramo de alecrim e os dentes de alho. Regue com a água. Leve ao forno a 180 graus, preaquecido, coberto com papel-alumínio, por 2 horas. Retire o papel e regue a carne com o líquido que se formar na assadeira. Pincele as costelas com limão e azeite e asse em forno a 220 graus até dourar. Reserve.
Em uma vasilha, regue o couscous com a água e misture. Deixe descansar, com a vasilha tampada, por 5 minutos. Em uma panela, aqueça o azeite. Junte a abobrinha e os dois tipos de ervilha e refogue até ficarem al dente. Com um garfo, mexa o couscous para soltar os grãos. Misture com os legumes refogados e, se necessário, tempere com sal e regue com azeite. Junte a casca de limão. 
Sirva as costelinhas com o caldo da assadeira, colheradas do chutney e o couscous

Com um chutney industrializado de cebolas caramelizadas

Outras formas de preparar o couscous:

Minha versão do Couscous Royal
Couscous com legumes

Nenhum comentário:

Postar um comentário